Homenagem a Janaina Vall

Somos um sopro ou somos um momento?

A compreensão da fugacidade da vida é, ao mesmo tempo, assustadora e cativante. É aterrorizante, em um primeiro olhar, a ideia de que somos seres tão frágeis e que podemos nos despedir desse mundo a qualquer momento. Por outro lado, essa mesma ideia, de que somos plenamente mortais, desperta um amor à vida incomensurável, intensifica cada dia e nos leva a compreender que não há razões para reclamar que a vida é um instante, faz-nos aceitar a morte com altivez e tranquilidade.

A fugacidade da vida foi compreendida pela Janaína não com terror de deixar esta Terra, mas como uma possibilidade de desfrutar do mundo o que de melhor ele poderia oferecer e oferecer em troca todo amor que pode dar. Com uma leveza e tranquilidade tamanha que a fez viver cada dia intensamente, amando e ajudando a seu próximo, ensinando a todos nós a complexidade da vida.

Tivemos a oportunidade de conviver com a Janaína desde o início das atividades do grupo e com ela pudemos construir ideias e pesquisas que permanecerão em nossa história e irão marcar nossa trajetória. Ela participou desde o primeiro semestre do grupo e foi uma das primeiras a se interessar e aprofundar a pesquisa sobre direito sistêmico, sobre a teoria de Bert Hellinger e sobre a técnica das constelações familiares, tendo inclusive feito curso de formação na área.

Janaína era atuante em causas humanitárias e projetos voluntários conhecidos como o CVV, o projeto olhares e fazeres sistêmicos da vara de execuções penais e medidas alternativas de Fortaleza e até transpondo fronteiras a fim de ajudar aqueles que estão distante, mas que necessitam de ajuda.. Estava sempre publicando textos de opinião, principalmente voltados à questão da construção do conhecimento jurídico focado no aspecto humano, no qual devemos pensar, sentir e agir com ética. Nos encontros que tivemos, Janaína difundia sempre essa ideia tão importante para nós e que inclusive coincide com as premissas que norteiam nossas linhas de pesquisa, a construção do conhecimento alinhado ao sentimento, tanto na vertente do estudo do desenvolvimento do ensino jurídico, como no desenvolvimento das pesquisas sobre pensamento complexo e na linha sobre direito ambiental, na qual entendemos que o homem é parte do meio ambiente.

Um dos seus últimos registros escritos se refere a mais uma de suas reflexões sobre a vida:

DEUS nos coloca diante da possibilidade de fazer uma grande mudança na vida, mas Deus é o TEMPO agindo sobre nós, preparando-nos para o que está logo adiante, indireta ou diretamente. A pergunta não é “como”, mas “quando” porque PASSADO, PRESENTE e FUTURO não são lineares, mas circulares …

Janaina Vall

Nesses quatro anos de existência do grupo, temos vários momentos registrados de efetiva participação da Janaína com muita alegria, sabedoria e sensibilidade. Sua ausência física nos deixará muitas saudades, mas suas ideias e energia positiva continuarão em nossas pesquisas, nossas lembranças e nossa história. O Ecomplex, ainda muito consternado com a perda tão repentina dessa amiga, a homenageia com os versos da música “Gostava tanto de você”, de Tim Maia.

Nem sei porque você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristezas vou viver
E aquele adeus, não pude dar
Você marcou em minha vida
Viveu, morreu na minha história
Chego a ter medo do futuro
E da solidão, que em minha porta bate
E eu
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você
Eu corro fujo desta sombra
Em sonhos vejo este passado
E na parede do meu quarto
Ainda está o seu retrato
Quero ver pra não lembrar
Pensei até em me mudar
Lugar qualquer que não exista
O pensamento em você
E eu
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você
Não sei porque você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristezas vou viver
E aquele adeus, não pude dar
Você marcou em minha vida
Viveu, morreu na minha história
Chego a ter medo do futuro
E da solidão, que em minha porta bate
E eu
Gostava…

Autor: grupoecomplex

O Grupo de Estudos “ECOMPLEX: Direito, Complexidade e Meio Ambiente” lançou edital para seleção de membros. O ECOMPLEX é coordenado pela Prof.ª Dr.ª Germana Belchior e possui as seguintes linhas de pesquisa: Pensamento Complexo, Direito e Transdisciplinaridade: busca investigar acerca do pensamento complexo e suas consequências para o conhecimento científico do Direito e o diálogo de saberes. Tem como pergunta de partida: Como e em que medida o pensamento complexo influencia os saberes no Direito? Complexidade, Epistemologia e Direito Ambiental: pretende investigar como o Direito Ambiental influencia a formação de uma nova epistemologia jurídica sob a óptica do pensamento complexo. Tem como pergunta de partida: Quais são os fundamentos de uma epistemologia jurídico-ambiental? Complexidade e Ensino Jurídico: intenta investigar sobre a necessidade premente de transformações no ensino jurídico em virtude do pensamento complexo. Tem como pergunta de partida: Qual é a repercussão do pensamento complexo no ensino jurídico e, consequentemente, na formação de futuros profissionais do Direito?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s